Notícias
Gaúchos dominaram o Brasileiro de Velocross em Jaguarão
Postado em 20/05/2014 às 01h03min por FGM

Com duas vitórias, Luiz Refatti (VX3 e VX4 Nacional) e Jordan Martini (Intermediária MX1 e VX2) foram os grandes nomes da 2ª etapa do Brasileiro e Rinaldi Gaúcho de Velocross realizado neste final de semana.


A cidade de Jaguarão viveu um final de semana cheio de emoção, adrenalina e muita velocidade com a disputa do Brasileiro e Gaúcho de Velocross. A etapa contou com a presença de mais de cento e cinqüenta pilotos do Brasil e do Uruguai.


Os treinos livres do sábado foram acompanhados por um bom público que encarou um dia nublado e com vento frio, onde parecia que a chuva poderia chegar a qualquer momento, o que felizmente não aconteceu. Dentro da pista os pilotos aproveitaram para conhecer a pista e estudar o melhor traçado e os pontos de ultrapassagem. No domingo o vento frio começou a soprar nas primeiras horas, no entanto, as nuvens deram lugar ao sol, que serviu para esquentar os menos avisados de que seria um final de semana de temperaturas abaixo do normal para a época do ano. O público, em grande número, começou a chegar ao motódromo antes mesmo dos primeiros pilotos entraram na pista para realizar o warm up.


Confira como foram as disputas etapa:


Juninho Cavalheiro vence a Intermediária VX2
A Intermediária VX2 foi a primeira categoria a alinhar no gate. Assim que que as peças caíram Eloi Cavalheiro Júnior (Santa Maria) assumiu a ponta e tratou de abrir vantagem. Na segunda volta o primeiro pelotão, que estava ganhando definição, foi totalmente alterado após a queda de três pilotos. Juninho fez a volta mais rápida da prova (1:26.383),  após uma grande dipsuta, Marcos Marca( Fagundes Varela), assumiu a segunda em cima do uruguaio Antony Rey (Melo).


Giovane Pick vence a segunda na VX4
A VX4 foi a primeira categoria a alinhar no gate valendo para o Brasileiro e Gaúcho. Assim que caiu o gate Giovane Pick (Vera Cruz) assumiu a liderança da prova, Nasri Sarkis (Lapa/PR), Maiara Basso (Mato Castelhano), Fernando Sanches (Santa Maria) e Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul), formaram o primeiro pelotão. Pick seguiu firme para fechar de ponta a ponta sua segunda vitória na categoria com direito a volta mais rápida da prova (1:24.798), Fernando Sanches forçou e assumiu a segunda colocação e forte na ponta na ponta da prova. Além da vitória, Pick assumiu a liderança no Brasileiro de Velocross.


Luiz Refatti vence a segunda na VX4 Nacional
A disputa da categoria VX4 Nacional foi de tirar o fôlego. Na largada Cézar Silva (Pelotas) assumiu a ponta da prova, logo atrás Luiz Refatti (Alegrete), Elder Pirolli (Tapejara), Norton Souza (Pelotas) e Sandro Meireles (Caçapava do Sul) formara o pelotão do pódio. Já nas primeiras voltas Cézar e Refatti começaram a dar um show e abrir vantagem sobre os demais concorrentes, na terceira volta Refatti assumiu a liderança e Sandro Meireles ficou de fora do primeiro pelotão após uma queda. À partir daí Cézar foi a sombra de Refatti, os dois andaram muito próximos em alguns pontos da pista ficaram lado a lado. Nas últimas voltas Cpezar diminuiu o ritmo e Refatti venceu com um pouco de tranquilidade.


Erick Bom Reis e Matheus Melo vence a 50cc
Dividida em faixa etária desde o começo do ano 50cc A (pilotos de 04 à 07 anos) e 50cc B (pilotos de 08 à 10 anos), a categoria 50cc teve dois vencedores. A 50cc B foi vencida de ponta a ponta por Erick Bom Reis (Rio Grande), o segundo colocado foi Felipe Gonçalves (Pelotas) e Matheus Vieira Almeida (Rio Grande) o terceiro colocado, com a vitória Erick assumiu a liderança do campeonato. Na 50cc A a vitória foi de Matheus Melo (Dom Pedrito) com Mathias Reyes (Rio Branco/Uruguai) em segundo e Gabriel Oliveira em terceiro. Com a vitória, segunda no campeonato, Matheus aumenta a vantagem na liderança.


Alfredo Bernardy vence a Estreantes 230cc
Com mais uma vitória de ponta a ponta e com a volta mais rápida da prova (1:31.496), Alfredo “Fred” Bernardy (Sta.Cruz do Sul), faz 100% de aproveitamento e mantém a liderança da categoria. Júnior Pick que havia largado em segundo começou a ter problemas no moto e perdeu rendimento e posições, Charles de Lima (Erechim), que largou na quarta colocação assumiu a segunda colocação. Wagner Lucena (Arroio Grande) representou bem a região de Jaguarão, teve um ótimo rendimento manteve-se entre os primeiros colocados.


Vitória de ponta a ponta de Rodrigo Volcan na VX3
Correndo praticamente em “casa”, Rodrigo Volcan (Pelotas) alinhou no gate com a “faca entre os dentes” disposto a não deixar a liderança da categoria sair de suas mãos. Maiara Basso (Mato Castelhano) assumiu a liderança, duas voltas depois Volcan já era o líder, Giovane Pick (vera Cruz), dono da melhor volta da prova (1:25.773), cometeu um erro nas primeiras voltas e perdeu o terceiro lugar par Fernando Sanches (Santa Maria). Antes da metade da prova Fernando assumiu o segundo lugar e começou a pressionar o líder. Volcan resistiu e conseguiu a vitória com pouco mais de meio segundo a frente de Sanches.


Luiz Refatti vence a VX3 Nacional e ponta a ponta
A segunda vitória de Luiz Refatti no domingo foi um pouco mais tranquila. Largando na frente o piloto não teve muitas dificuldades para fazer a volta mais rápida da prova (1:29.691) e vencer de ponta a ponta. Cézar Silva, que não fez uma boa largada, saindo no segundo pelotão, voou baixo para recuperar posições e fechar a prova em segundo. Elder Pirolli (Tapejara) terceiro colocado forçou o ritmo para não ter surpresas com Márcio Vizentim (Flores da Cunha) e Jocemar Magni (Estrela), que levantaram o público na briga pela quarta colocação.


Vitória de Mickael Teixeira na 65cc
o piloto Mickael Teixeira (Capão do Leão) fez a sua estréia do campeonato com um grna de vitória na 65cc. Na largada o seu conterrâneo e líder do campeonato, Arthur Barcelos (Capão do Leão), que havia sofrido uma queda nos treinos, assumiu a ponta. Depois de duas voltas Mickael, que largou em segundo forçou o ritmo, marcou a volta mais rápida da prova (1:32.459), assumiu a liderança e abriu vantegem para receber a bandeirada da vitória com tranqüilidade. As três posições restantes do pódio permaneceram sem alteração desde o começo da prova.


Vitória de Jacson Keil na 230cc Nacional
A categoria 230cc  Nacional, válida pelo Brasileiro de Velocross, teve domínio dos catarinenses. Na largada Eduardo Leobet (Piratuba/SC), Leandro Lemos (Lages/SC) e Jacson Keil (São Bento do Sul/SC) assumiram as três primeiras colocações. Depois de uma queda forte de Leandro, Jacson assumiu a segunda colocação. Em um ritmo forte, com direito a volta mais rápida (1:25.511), Jacson assumiu a ponta e venceu a prova assumindo liderança do campeonato. Guto Campos (Carazinho), Antônio Carlos de Paula (Lajeado) foram os gaúchos que subiram ao pódio.


Vitória de Jordan Martini na VX2
Depois de chegar bem próximo do ponto mais alto do pódio em Candelária, Jordan Martini (Santa Maria) conquistou a vitória na categoria VX2, que também foi válida pelo Brasileiro. Mateus Basso  (Gentil) largou na frente com Jordan em segundo, Gustavo Gusberti (Vila Flores), Jacson Keil (São Bento do Sul) e Lucas Basso (Gentil) formaram  o primeiro pelotão. Antes e abrir a primeira volta o motor da moto de Mateus quebrou o tirando da prova. Jordan assumi a ponto e não largou mais, Jacson, Lucas e Leandro Lemos (Lages/SC) subiram uma posição cada, Gustavo Gusberti (Vila Flores), quinto colocado perdeu a posição para Charles Oliveira (Camaquã). No final Lucas fez a volta mais rápida da prova (1:21.259), assumiu a segunda colocação e ainda tentou a ultrapassagem, mas Jordan deu conta do recado forçando o ritmo e abrindo um espaço confortável para vencer e mostrar que vai ser a pedra no sapato dos irmãos Basso na VX2.


Douglas Carvalho vence a segunda na 230cc Pró
A vitória de Douglas Carvalho (Vera Cruz) começou a ser construída na largada. Assim que o gate caiu Douglas assumiu a ponta da prova e sem dificuldades e marcando a volta mais rápida da prova (1:28.328) venceu ponta a ponta. A briga pelos quatro lugares restantes do pódio foi disputado entre Arthur Fockink (Sta.Cruz do Sul), , Joel da Costa (Ciriaco), Jocemar Magni (Estrela), Charles de Lima (Erechim), Gustavo de Freitas (Barros Cassal) e Gustavo Campos (Carazinho). A briga foi muito intensa no começo. Joel da Costa e Guto Campos pularam para frente ma terceira e quarta colocação respectivamente e tentaram acompanhar o líder, sem sucesso. Com a vitória Douglas faz 100% de aproveitamento.


Vitória de Jordan Martini na Intermediária VX1
Quando todos achavam que Jordan Martini (Santa Maria) não conseguiria melhorar seu desempenho ele tirou um não, mas três “coelhos da cartola”: conquistar sua segunda vitória na etapa, manteve a liderança com 100% de aproveitamento e marcou a volta mais rápida da pista (1:19.989),  batendo o tempo de Lucas Basso (1:20.182), marcado durante a disputada VXPró no Gaúcho de Velocross de 2012. Fabrício Ramazzini (Montenegro) largou na frente e tentou sem sucesso segurar a pressão de Jordan. Felipe Pick (Vera Cruz), Maiara Basso (Mato Castelhano) e Marcelo Bardesio (Melo/Uruguai) formaram o pelotão do pódio.


Vitória dramática de Felipe Deloss na Nacional Força Livre
Após dividir as primeira curvas com João Antônio Vergutz (Indaial/SC), Felipe Deloss (Lajeado) assumiu a ponta da categoria Nacional Força Livre, que foio válida pelo Brasileiro e Gaúcho. Assim que assumiu a liderança Deloss dominou a prova até as últimas voltas, pois Jacson Keil (São Bento do Sul/SC), que assumiu a segunda colocação, cravou a volta mais rápida (1:20.911), diminuiu a diferença do líder e partiu para o ataque assim que foi dada a placa de duas voltas. O final foi eletrizante, Deloss conseguiu se defender dos ataques de Keil e cruzou a linha de chegada em primeiro a apenas 0,094s de do segundo colocado. Com a vitória Deloss mantém a liderança no gaúcho com 100% de aproveitamente e assumiu a liderança no Brasileiro.


Vitória uruguaia na Júnior
Depois de uma largada tranquila, onde Michel Andrade (Dom Pedrito), Kamila Rocha (Chui), Gabriel Costa (Dom Pedrito), Gabriel Pino (Chui) e Gonzalo Trindade (Rivera/Uruguai) dividiram a primeira curva, um enrosco na segunda curva tirou alguns pilotos da prova e deixou Michel Andrade na última posição. Kamila assumiu a ponta com Gabriel em segundo e Gonzalo em terceiro. Michel começou uma alucinante corrida de recuperação, foram voltas mais rápidas em cima de voltas mais rápidas, 1:27.407 a melhor delas. Gonzalo e Gabriel passaram a ocupar os dois primeiros lugares, Michel chegou ao pelotão da frente, mas não teve tempo para chegar mais a frente. Com a vitória Gonzalo assumiu a liderança da categoria.


Mateus Basso venceu a VXPró de ponta a ponta
Depois de ficar de fora no começo da VX2, Mateus Basso (Gentil) veio com sede de vitória na VXPró, tanto que assumiu a liderança da prova na largada, Fabricio Ramazzini (Montenegro) largou em segundo e Giovane Pick (Vera Cruz) na terceira colocação. Jacson Keil (São Bento do Sul) caiu antes de abrir a primeira volta, mas voltou no primeiro pelotão, antes da metada da prova Lucas assumiu o segundo lugar, Jacson Keil caiu mais uma vez, mesmo assim conseguiu um lugar no pódio. Com a vitória Mateus assumiu a liderança da VX1 no brasileiro.


 “Consegui fazer uma boa largada e mesmo com a dificuldade de enxergar com o sol e a terra acumulada nos óculos mantive a liderança até o final.” – comentou o piloto antes de subir ao pódio.


Confira abaixo os cinco primeiros colocados na 2ª etapa do Brasileiro e Rinaldi Gaúcho de Velocross:

VX1
1º - Mateus Basso (Gentil/RS)
2º - Lucas Basso (Gentil/RS)
3º - Fabrício Ramazzini (Montenegro/RS)
4º - Giovane Pick (Vera Cruz/RS)
5º - Jacson Keil (São Bento do Sul/SC)


VX2
1º - Jordan Martini (Santa Maria/RS)
2º - Lucas Basso (Gentil/RS)
3º - Jacson Keil (São Bento do Sul/SC)
4º - Leandro Lemos (Lages/SC)
5º - Charles Oliveira (Camaquã/RS)


VX3
1º - Rodrigo Volcan (Pelotas/RS|)
2º - Fernando Sanches (Santa Maria/RS)
3º - Maiara Basso (Mato Castelhano/RS)
4º - Giovane Pick (Vera Cruz/RS)
5º - Cleomenes Gomes (Camaquã/RS)


VX4
1º - Giovane Pick (Vera Cruz/RS)
2º - Fernando Sanches (Santa Maria/RS)
3º - Nasri Sarkis (Lapa/PR)
4º - Maiara Basso (Mato Castelhano/RS)
5º - Lauthério Brauch (S. Lourenço do Sul/RS


VX3 Nacional
1º - Luiz Reffatti (Alegrete/RS)
2º - Cézar Silva (Pelotas/RS)
3º - Elder Pirolli (Tapejara/RS)
4º - Márcio Vizentim (Flores da Cunha/RS)
5º - Jocemar Magni (Estrela/RS)


Nacional Força Livre
1º - Felipe Deloss (Lajeado)
2º - Jacson Keil (São Bento do Sul)
3º - João Antônio Vergutz (Indaial/SC)
4º - Eduardo Leober (Pirituba/SC)
5º - Joel da Costa (Ciriaco/RS)


230cc Nacional (BRASILEIRO DE VELOCROSS)
1º - Jacson Keil (São Bento do Sul)
2º - Eduardo Leober (Pirituba/SC)
3º - Gustavo Campos (Carazinho) 
4º - Antônio Carlos Paula (Laejeado)
5º - João Antônio Vergutz (Indaial/SC)


50cc A
1º - Matheus Cunha Melo (Dom Pedrito)
2º - Mathias Reyes (Rio Branco/Uruguai)
3º - Gabriel Oliveira (Camaquã)


50cc B
1º - Erick Bom Reis (Rio Grande)
2º - Felipe Gonçalves (Pelotas)
3º - Matheus Almeida (Rio Grande)


65cc
1º - Mickael Teixeira (Capão do Leão)
2º - Arthur Barcelos (Capão do Leão)
3º - Gabriel Costa (Dom Pedrito)
4º - Matias Bardesio (Melo/Uruguai)
5º - Bawer Gomes (Rio Grande)


Júnior
1º - Gonzalo Trindade (Rivera/Uruguai)
2º - Gabriel Costa (Dom Pedrito)
3º - Franco Rodriguez (Chuy/Uruguai)
4º - Michel Andrade (Dom Pedrito)
5º - Kamila Rocha (Chui)


Estreantes 230cc
1º - Alfredo Bernardy (Sta. Cruz do Sul)
2º - Charles de Lima (Erechim)
3º - Vagner Lucena (Arroio Grande)
4º - Ricardo Schlosser (Sta. Cruz do Sul)
5º - Alex Escoto (Rio Grande)


230 Pró
1º - Douglas Carvalho (Vera Cruz)
2º - Joel da Costa (Ciriaco)
3º - Gustavo Campos (Carazinho)
4º - Arthur Fockink (Sta. Cruz do Sul)
5º - Gustavo Freitas (Barros Cassal)


Intermediária VX2
1º - Eloi Cavalheiro Júnior (Santa Maria)
2º - Marcos Marca (Fagundes Varela)
3º - Antony Rey (Melo/Uruguai)
4º - Weslen Gomes (Camaquã)
5º - Charles Oliveira (Camaquã)


Intermediária VX1
1º - Jordan Martini (Santa Maria)
2º - Felipe Pick (Vera Cruz)
3º - Maiara Basso (Mato Castelhano)
4º - Fabrício Ramazzini (Montenegro)
5º - Marcelo Bardesio (Melo/Uruguai)


VX4 Nacional
1º - Luiz Reffatti (Alegrete)
2º - Cézar Silva (Pelotas)
3º - Elder Pirolli (Tapejara)
4º - Norton Souza (Pelotas)
5º - Marco Aurélio Farias (Lajeado)


O campeonato Gaúcho de Velocross 2014 tem o patrocínio master da RINALDI, HONDA, IMS, co-patrocínio SobreRodas e apoio da MCR, Racing, M3Parts, Vitrine da Moto, Farover, Mormaii Knee Breace, ArtemotoWorks Suspensões, Only Racing, Gallioto Vinhos e Sucos, CTLS - Centro de Treinamento Leandro Nunes, Rádio Cross, MundoCross, Zunn Motorcycle e Jornal O Pódium.


Texto e fotos: André Charão/Assessoria de Comunicação

Tags: gaúchos,velocross,jaguarão,

* Provas que não estão na agenda não são autorizadas pela FGM.
* Pilotos não filiados não Pontuam em Campeonatos Regionais.
A 3ª ETAPA DO PRO TORK GAÚCHO DE MOTOCROSS E 3ª ETAPA DA COPA GRAMADO
TRILHA DO CARVÃO - Silvio Bilhar
TAPEJARA - Sulbrasileiro (Silvio Bilhar)
TAPEJARA - SUL Brasileiro e Pro Tork GAÚCHO DE MX (Angélica Laimer)
TAPEJARA-MX Sulbrasileiro Pro Tork (Tiago Wolff)
DONA FRANCISCA PRO TORK GAÚCHO DE VELOCROSS - 5a Etapa (Fotos Silvio Bilhar)
Facebook
Newsletter
Novidades em seu e-mail
(55) 9841-30187
(55) 9841-40187
(54) 3312-6508
presidente@fgm.com.br
Federação Gaúcha de Motociclismo - Todos os direitos reservados © 2019